Buscando saúde – abril

Primeiro post da série Buscando Saúde que fiz em forma de diário!! Abril foi um mês meio chatinho pra fazer exercício, mas está aí! Cada dia em que fiz algo (não contei as caminhadas nem os dias em que fui caminhando pro trabalho) e o que fiz!

7 – Quinta-feira: Tpm acaba comigo, fico virada mesmo com vontade de comer muito doce, muito salgado e coisas assim, também fico cansada mais fácil e tenho a tendência a chegar em casa e me tacar no sofá e ficar comendo até a hora de dormir. Pra tentar quebrar o ciclo resolvi fazer pelo menos um vídeo mais curtinho. Pelo calendário de abril o primeiro exercício de hoje seria esse, vou tentar e ver se consigo ir até o fim:

Consegui então vou pro próximo!

Difícil, mas fui até o fim e vou encarar o terceiro!

Ufa! Pela lista ainda tem mais um, mas eu vou parar por aqui! Quase não consegui terminar esse último! Fiquei feliz que venci a preguiça e cansaço e fiz esses três videos quando acabava que não ia conseguir nem terminar o primeiro!

Dia 18 – Não consegui e morri de preguiça nos outros dias. Hoje fiz um vídeo rapidinho só pra recomeçar!

19 – Consegui fazer 3 vídeos!

21- 2 vídeos!

25 – fomos na academia!!! Descobri que consigo ler fazendo bicicleta e essa foi a descoberta da vida!! Odeio esse tipo de exercício porque sinto um tédio quase insuportável e agora que posso ler fiz 25 minutos sem nem ver o tempo passar! Também experimentei aquela rodinha, eu cai no chão alguma vezes até o hubby me ajudar e me apoiar! download

Acabou!!! Espero que mesmo com o frio em maio eu acabe me animando pra me mexer mais!

Anúncios

Buscando saúde

Março foi um mês um pouco mais saudável e com mais energia! Voltei a fazer exercícios, ainda não estou conseguindo fazer duas vezes por semana, tem semana que fiz três e outras fiz só uma, mas já fiquei super feliz!!! Muitos dias eu tinha um preguiça enorme, dava umas 20h e eu ainda não tinha me mexido (20h é meu horário limite pra fazer exercícios, porque depois ainda tenho que tomar banho, lavar o cabelo, jantar e ajeitar tudo pra dormir as 22h30), mas juntava uma força, trocava de roupa, estendia meu tapete de pilates e ia lá fazer pelo menos um vídeo do Blogilates. Meu vídeos favoritos desse mês foram eses aí de baixo:

vídeo com alongamento: https://youtu.be/3kSdDF2cRkI

video pernas: https://youtu.be/mgEGKloq3XM

Postura: https://youtu.be/8F9sJQeAVYo

Alongamento para acordar: https://youtu.be/o6JN_fADpPk

Dança/pernas adoro esse vídeo: https://youtu.be/8-ldgC-MzqA

vídeo curto pernas – https://youtu.be/09OnmwoGFyE

Squats – https://youtu.be/4_DJ2RyBmIY

Comecei a postar algumas fotos no instagram quando vou fazer exercícios e tenho pensando muito sobre isso. Optei por não tirar fotos de antes e depois e nem da minha pessoinha fazendo exercícios e vou tenta explicar pra vocês os motivos que me levaram a tomar essa decisão!

foto (5)Senta que o texto é longo! Sei que fotos de antes e depois motivam muita gente a buscar uma vida mais saudável, mas será que essa motivação vem pelos motivos corretos? Finalmente cheguei em um ponto de aceitação do meu corpo e de não ligar pra padrões estéticos e estou muito feliz com isso! Estou fazendo exercícios e nem me pesei pra controlar nada disso, também não tiro fotos e isso é completamente libertador! Realmente não ligo se eu não perder nem um centímetro de barriga e culote, se eu ganhar mais energia e tiver uma vida mais saudável e não perder nada de medida e nem de peso, eu vou ficar muito feliz! Vou atingir meu objetivo e isso é ótimo! Durante um bom tempo eu fiz exercício pra perder peso, não fiz por saúde, fiz pra perder peso e ficar com o corpo “mais bonito”, na minha formatura eu estava com um corpo bem perto dos padrões, estava fazendo exercícios todos os dias e me deixava passar fome a noite e pensava:”essa fome é só vontade de comer”, mas eu sabia que não era, eu ia dormir com fome sim. Isso era saudável? Não, mas meu corpo estava lindo, recebi muitos elogios e eu me sentia feliz por ser aceita e aprovada.

Foto do meu jantar de formatura
Foto do meu jantar de formatura

Depois disso voltei por meu peso normal, com uma barriguinha e tal, fui pros Eua e nem engordei tanto, volte com 1kg a mais e tudo bem, 1 kg é fácil de perder né? Era o que pensava, mas dali pra frente algumas coisas aconteceram e eu perdi meu rumo, não conseguia arranjar um emprego, estava super desmotivada e entrei em depressão, engordei um bom tanto e passei dos 50 kg pela primeira vez na minha vida (meu normal antes disso era uns 45,5kg), minha depressão piorou e comecei a ter ataques de pânico, parei de comer e fiquei obsessiva com fazer exercícios,  parecia que era a única hora do dia em que eu sentia algum alivio do pânico. Lembro de ter ido pra praia e ter pensando que pela primeira vez eu não queria mudar nada no meu corpo, eu estava com a barriga quase chapada, braços levemente torneados e minha bunda, que é reta por natureza, estava até levantadinha. Meu corpo estava lindo de novo e recebi elogios, muitos elogio e ninguém notava que eu estava muito doente. Meu panico piorou ao ponto de eu não conseguir sair de casa, foi aí que procurei ajuda, as crises diminuíram e eu voltei a sair de casa, ter uma vida, mas com tudo isso vieram efeitos no meu corpo, no meu metabolismo, mesmo fazendo exercícios eu engordava, não conseguia entender o que estava acontecendo, por que a matemática de consumir menos calorias e fazer exercícios não estava resultando em perda de peso? Minhas roupas já não serviam mais e acho que essa foi a parte que mais me incomodou.começo do tratamento

Por sorte sou cercada de pessoas maravilhosas e percebi que estava na hora de cuidar da minha saúde de verdade e deixar de lado essa coisa do corpo, do ideal de beleza, de ser bonita, de ser aceita. Lendo assim vocês devem achar que sempre fui muito preocupada com meu corpo e a verdade é que nunca liguei muito pra isso, sempre me aceitei como sou, mas mesmo pra mim essa cobrança toda tem peso, ninguém é tão bem resolvido que não se afete nunca e esse assunto me pegou de jeito na fase mais frágil que já vivi. Precisei desconstruir muita coisa, ler muito, pesquisar muito pra conseguir chegar no ponto em que estou hoje. Precisei de ajuda, precisei encontrar e me cercar de gente que pensa de um jeito diferente, por isso mesmo que gosto de indicar alguns sites e blogs aqui, porque sei que eles podem ser o apoio que alguém precisa! Ter um corpo dentro ou fora dos padrões não importa mais pra mim, se estou dentro ou fora não muda nada!

Resumindo: Não vai ter foto de antes de depois só porque esse não é o objetivo! Prefiro comparar e contar pra vocês como estou mais disposta e tenho mais energia e como anda essa caminhada de aceitação aliada a busca pela saúde real (lembram desse texto que questiona o que é ser saudável?), saúde do corpinho e da mente! Pode ser que eu poste uma foto ou outra antes ou depois de fazer algum exercício, mas sem comparações!

Quanto as fotos fazendo exercícios eu fiquei bem em dúvida porque sou super descordenada e tenho medo de alguém tentar repetir o exercício em casa e executar errado, mas acho que vou começar a postar alguma coisa lá no snap (deniseiffert), já que lá logo some! 🙂

Em abril quero transformar o buscando saúde num diário, vou colocar a data e cada vídeo que fiz! Vamos ver se esse formato fica melhor!

 

 

Noiva saudável – outubro

O post está atrasado, já estamos na segunda quinzena de outubro, mas vamos lá!

Setembro foi um mês um pouco estressante porque tivemos que lidar com alguns imprevistos do financiamento, tive alguns dias de dor de estomago em que não consegui comer muito e outros de ansiedade gigantesca em que poderia comer um bolo todo sozinha. No meio disso tudo tentei acha um jeito de fazer exercícios, mas não foi fácil. O cansaço nessa fase é bem grande!!!

Agora em outubro eu estou me saindo melhor! Está bem corrido e temos várias reuniões com fornecedores do casamento e do apartamento então é sair do trabalho, ir pra reunião e voltar sabe lá que horas pra casa exausta, daí tentar comer, tomar banho e conversar com o noivo sobre a reunião e tudo que temos que resolver. Basicamente eu deito na cama e fico falando com ele por mais de uma hora, até o sono não permitir mais e a gente encerrar pelo dia. Por isso mesmo nos dias sem reunião eu me esforço pra deixar o cansaço de lado e fazer exercícios, já voltei pro ponto em que meu corpo sente falta se eu não me movimento muito então sempre consigo fazer pelo menos uns 5 minutinhos de exercício (blogilates) nesses dias.

Com a falta de tempo é inevitável acabar me alimentando mal, saímos de uma reunião com fome e passamos em alguma rede de fast food pra pegar um batata, um sorvete, qualquer coisa. Estou tentando não me preocupar muito e focar nos dias em que consigo, nos outros… deixe pra lá! Já tenho tanta coisa pra me preocupar e estressar que realmente não vale a pena ficar tentando carregar um snack saudável pra cima e pra baixo!

Uma coisa eu digo: todo mundo falou que você emagrece quando o casamento começa a chegar e isso é totalmente verdade! A correria e adrenalina te emagrecem sim, mas tem que tomar muito cuidado porque é um emagrecimento nada saudável, como meu foco é saúde e qualidade de vida e não entrar num vestido ou ficar magrinha estou prestando bastante atenção nisso!

A dica pra quem está fazendo exercício em casa continua sendo o blogilates! Quando to sem tempo adoro essa série de exercícios de 3 minutinhos:

E vocês? Tem alguma dica pra mim?

Noiva saudável – junho

Dia de pegar o caderninho e ver o que deu certo e o que precisa melhorar!

Será que finalmente terminei o calendário de iniciantes do blogilates? Não! To no dia 24! blogilatesEsse mês lá no blogilates tem também um desafio de alongamento! Estou seguindo quase a risca mesmo e me alongando todo os dias!! O calendário é esse aí de baixo!

The-Stretch-ProjectPeguei de vez o hábito de consumir mais água e sinto bastante falta quando esqueço minha garrafinha ou to sem tempo de encher meu copinho companheiro que fica na mesa de trabalho.

O que mais deu errado: comer por tédio ou ansiedade. Não tem jeito desconto tudo na comida mesmo! Preciso trabalhar isso porque acaba comigo, fico a semana comendo direito e daí num dia consigo comer todo sal, gordura e açúcar que tinha conseguido evitar. Fico uma bola e me sentindo super mal, coisas que pioram muito na TPM, tenho lido sobre isso e parece que alguns tipos de alimento reduzem esse efeito de draga na TPM. Vou testar e se der certo conto aqui!

Semana passada decidi fechar um pacote de massagens modeladora e paguei minha língua pro resto da vida. Sempre achei essas massagens um negócio inútil pra roubar dinheiro dos outros, mas num momento sensível fui pega! hahahah Fiz a primeira na semana passada e minhas impressões foram:

  • Paguei barato por cada sessão: o esforço da mulher não é pouco não, a massagem usa muita força e técnica e saí de lá tão impressionada que realmente achei que o preço do pacote foi um super negócio.
  • Dói sim: não sou muito sensível pra dor e sou do tipo que nem sente dor na depilação a cera num dia normal e achei que a massagem gera um desconforto razoável. Nada no nível de querer parar e achar que é uma tortura, mas a massagem é bem vigorosa e com bastante força, se você é sensível não recomendo, com certeza o que foi desconforto pra mim será dor pra você!
  • Mas modela mesmo? Modela sim! Claro que não faz milagre, mas uma seção já fez uma diferença leve pra mim! Além disso a massagem me incentivou a me empenhar mais em fazer exercícios e melhorar minha autoestima!

Se vocês tiverem alguma dúvida podem perguntar! Quero atualizar vocês quando o pacote (de 10 sessões) terminar!

Quem mais tá tentando mudar alguns hábitos para se tornar mais saudável?

 

Noiva saudável – maio

Já vou começar dizendo que fiquei em cima do muro! Não consegui fazer exercícios 3 vezes por semana, todas as semanas. Teve semana com exercício 4 ou 5 vezes e teve com só duas mesmo e foi o que deu pra fazer! Mas o hábito ta voltando e to voltando a encontrar exercícios que eu gosto, que são legais e divertidos! Quando não to com vontade de nada, coloco umas músicas birutas e fico rodopiando pela casa (ou como o noivo chama: fazendo jazz-kwondo – seriado Happy Endings).

jazz-kwon-do

 

A alimentação está melhor, já ão sinto mais tanta vontade de comer doce (mas as duas primeiras semanas de redução foram chatinhas, parecia que eu sentia fome o tempo todo, mas não era fome, era vontade de comer mesmo).

Próximas metas:

Terminar o calendário de iniciantes do Blogilates.

Consumir mais água – com o frio vai ficando mais difícil beber o tanto de água que preciso, mas vamos lá!

Marcar consulta com o meu médico pra ver o que ele vai dizer do colesterol (ainda não marquei, acreditam?).

E vocês? Todo mundo saudável por aí?

Noiva saudável – atualização de abril

Consegui entrar de novo em uma rotina de exercícios e estou me esforçando muito para melhor minha alimentação. Vou ser super sincera, do começo do ano pra cá eu tive períodos em que empolgava e fazia exercícios todos os dias e prestava atenção no que estava comendo e tive semanas em que não estava ligando mesmo, que comi o que dava vontade, que fiquei vendo tv em vez de fazer exercício, dias em que me sentia cansada demais e só queria ficar paradinha vendo algo no Netflix. Pois é, isso até o fim do mês passado quando fui fazer um exame completo de sangue e me assustei quando o resultado ficou pronto: meu colesterol subiu! Minha família, pra cima, pra baixo e pro lados, tem problemas cardíacos ou seja, sempre tive cuidado com qualquer coisa que pudesse afetar meu coração e entupir minhas veias e coisa e tal. O resultado do exame ainda não me colocou no grupo”perigoso”, mas só o fato de meu colesterol ter subido pela segunda vez seguida (meu último exame de sangue foi lá por agosto) já me deixou em alerta! É um indício de que ando tão preocupada com outras coisas que esqueci do meu corpinho, agora passei da preocupação estética de decidir se me gosto mais acima do peso ou mais atlética e fui pro: preciso ficar saudável de novo!

Ainda não tive uma consulta com o meu médico, então não posso dizer qual a orientação que ele me passou, mas já comecei a pesquisar um pouco como posso diminuir o colesterol total:

Eliminar frituras – já não como muito, mas quero prestar mais atenção quando for comer fora e cortar de vez qualquer fritura!

Fazer exercícios regularmente – vou voltar com a meta de me exercitar pelo menos 3 vezes na semana e aos poucos voltar a fazer exercícios todos os dias

blogilates

Aumentar o consumo de frutas e verduras – até tenho comido verduras, mas confesso que me dá preguicinha de come futas! Agora estou me esforçando para comer pelo menos uma fruta por dia!

vegetais

E aí? Será que já é um bom começo? Alguém tem alguma dica?