Noiva saudável – agosto e um pouco sobre pânico

Na última semana de julho tive mais uma prova de que preciso mesmo me alimentar melhor e fazer exercícios: peguei uma super gripe! Lembrei que quando eu me alimentava mal e era sedentária eu sempre ficava gripada durante a TPM, era todo mês mesmo, baixava um pouco a imunidade e eu já pegava alguma virose! Fazia um tempinho que eu não ficava gripada assim e nem lembrava como isso é chato e como limita nossas atividades! Queria ficar na cama e nem tinha vontade de comer (a prova máxima de que tem algo errado comigo é quando perco o apetite).

segura esse abacaxi

Quero aproveitar esse post pra fazer uma mini reflexão. Desde que comecei a me recuperar do panico comecei a engordar, os remédios me desregularam em tudo que vocês possam imaginar e passei quase um ano igual um zumbi. Não tinha panico, conseguia sair de casa, trabalhar, sair com amigas, caminhar sozinha na rua, mas tava ali de corpo, 50% da mente e nada de alma. Nesse ano engordei, mas nem me dei conta e nem liguei. No fim do ano passado comecei a tentar diminuir a quantidade de remédio (com acompanhamento médico) e aos poucos fui voltando a sentir, voltando a ser eu. Aos poucos me dei conta de que meu corpo tinha mudado e ainda não sabia se gostava disso ou não, sempre fui muito segura, mas me bateu uma insegurança absurda. Muita gente comentando que eu estava gordinha, controlando aquele doce que eu comia, perguntando se a noivinha não iria emagrecer e coisas assim. Por alguns meses eu não sabia se EU não gostava do meu corpo ou se me sentia mal só porque eu sempre estive num padrão de beleza magro e agora que tinha saído, comecei a sofrer a pressão da sociedade e era disso que eu não gostava.

Só fui me entender mesmo no fim do mês passado, quando percebi que meu corpo pode não ser mais como era, pode não estar no padrão que me é exigido, mas é meu corpo e eu amo ele! Não quero restringir e deixar de comer chocolate quando tenho vontade, não quero deixar a sobremesa de lado pra perder uns quilos, pra mim não faz sentido. Minha saúde ainda é prioridade sim! Mas consigo baixar meu colesterol, voltar a fazer exercícios tudo sem pressão!! Posso voltar a fazer caminhadas e tudo mais sem me frustrar se depois de um mês a barriguinha ainda estiver do mesmo jeito e a balança apontar que não perdi nem um grama! Vocês não sabem como essa percepção e decisão me fizeram bem! A liberdade é algo incrível e a auto confiança também!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s